Close

Resultados financeiros do primeiro trimestre do ano fiscal de 2019

Autor: Mark Tiedens
earth from space

NOTÍCIAS

Crescimento em receita e EBITDA

A HH Global anunciou hoje os resultados financeiros não auditados para o trimestre que termina em junho de 2018.

Destaques do primeiro trimestre de 2019

  • A empresa teve uma receita de £ 87,8 milhões no primeiro trimestre, um aumento de 20,1% em comparação com £ 73,1 milhões no primeiro trimestre do ano fiscal de 2018.
  • O lucro bruto foi de £ 20,9 milhões, ou 23,8% de receita bruta no primeiro trimestre, um aumento de 23,7% em comparação com £ 16,9 milhões, ou 23,1% de receita bruta, no mesmo período do ano passado.
  • O EBITDA ajustado não GAAP foi de £ 4 milhões no primeiro trimestre, refletindo 56,5% de crescimento em comparação com £ 2,5 milhões no primeiro trimestre do ano fiscal de 2019.

Destaques de negócios

  • A HH Global assinou renovações ou expansões de contratos corporativos com clientes novos e existentes, com um total de aproximadamente £ 81 milhões de receita bruta anual em relação à taxa completa.
  • A empresa continuou a expansão do programa com clientes existentes na América Latina, a mais significativa sendo uma empresa multinacional alimentícia e de bebidas na Argentina, Brasil, Equador, Colômbia e Chile.  
  • Inclusão na nona edição anual do Sunday Times HSBC International Track 200, reconhecendo o rápido crescimento nos mercados internacionais.
  • Foi inaugurado um escritório de fornecimento central em Shenzhen, China, dando suporte a uma ampla gama de categorias de fornecimento de produtos, incluindo materiais de ponto de venda, produtos promocionais e embalagens secundárias.

“O ano fiscal de 2019 está começando bem, com todas as nossas regiões com crescimento sólido”, disse Robert MacMillan, CEO da HH Global. “Estamos contentes com as renovações recentes e a expansão da solução por muitos de nossos clientes, refletindo um alto nível de satisfação com nossos serviços.”

“Estamos operando bem em todas as frentes, caminhando para a obtenção de resultados financeiros sólidos”, disse Edward Parsons, CFO do grupo da HH Global. “Os investimentos anteriores na infraestrutura ajudaram a gerenciar as despesas de perto, levando a um aumento significativo no EBITDA durante esse trimestre. Nossa trajetória de crescimento exigirá que continuemos a investir em nossos negócios a longo prazo.”